Botafogo monta projeto para Erison e aposta em John Textor como facilitador para uma transferência futura para a Europa

  • por
Rio – Principal destaque do Botafogo na temporada, o atacante Erison vem sendo assediado por clubes do exterior. De olho na permanência do jogador, o Glorioso montou uma estratégia para convencer o atleta que seguir em General Severiano é a melhor opção para o artilheiro conseguir evoluir na carreira e posteriormente se transferir para o futebol europeu. As informações são do portal “FogãoNet”.
O principal receio alvinegro é uma transferência para o exterior. Recentemente, o Botafogo comprou mais 30% dos direitos econômicos do atleta por 600 mil euros (R$ 3,1 milhões), passando a totalizar 40%. Com isso, conseguiu aumentar o valor da multa rescisória para clubes do exterior, de 2 milhões de euros (R$ 10,25 milhões) para 5 milhões de euros (R$ 25,6 milhões). Para clubes brasileiros, a multa é de R$ 20 milhões. Apesar do valor mais baixo para o futebol nacional, o Glorioso confia na sua força econômica após a chegada de John Textor.
Recentemente, Erison despertou interesse de equipes dos Estados Unidos e uma proposta deverá chegar ao jogador em breve. Porém, o Botafogo não tem interesse em negociá-lo e tenta convencer o jogador que uma transferência para o futebol do Estados Unidos não seria uma decisão correta para a sua carreira, que está apenas começando.
O Glorioso se vale na boa relação de John Textor no futebol europeu para convencer Erison que a melhor opção é seguir no clube carioca, evoluindo e posteriormente ser negociado com uma equipe importante do Velho Continente. O atacante, de 23 anos, entrou em campo em 22 jogos, fez 13 gols e deu três assistências. O seu contrato com o Botafogo vai até o fim do ano que vem.

Glorioso quer renovar com o jogador que é destaque da equipe

Deixe um comentário