Após marca histórica, Bia Haddad tem melhor posição no ranking da WTA

  • por
Após a melhor semana da sua carreira, Beatriz Haddad Maia brilhou também nos rankings da WTA, atualizados nesta segunda-feira. A tenista brasileira obteve suas melhores colocações tanto na lista de simples quanto na de duplas. “Estou muito feliz com esta semana, ela representa o nosso trabalho duro, o nosso profissionalismo e que estamos no caminho certo”, celebrou.
No domingo, Bia obteve um dos maiores feitos da história do tênis brasileiro. Ela levantou o troféu tanto em simples quanto em duplas no WTA 250 de Nottingham, na Inglaterra. A número 1 do Brasil se tornou se a primeira do País a ser campeã nas duas chaves de um mesmo torneio na era aberta do tênis, que começou em 1968.
“Foi um dia especial e muito positivo. Conquistei dois títulos. Realmente estou muito feliz com todo esse trabalho. Acho que tudo isso que colhemos nesta semana vem sendo construído em muitos anos de trabalho duro com a minha equipe. Todo esse trabalho que a gente vem entregando, todos os dias, sempre dando o nosso melhor. As coisas acontecem conforme a gente vai plantando”, festejou Bia.
O domingo começou com o título de simples com a vitória sobre a americana Alison Riske. O troféu também foi simbólico para o tênis brasileiro. Bia é a primeira do País a vencer na grama desde a lenda Maria Esther Bueno em 1968. Além disso, foi o maior título do tênis feminino do País em simples desde título de Teliana Pereira em 2015.
“Jogar na grama é diferente, é um jogo muito rápida e em que as coisas também mudam muito rápido. Vou seguir trabalhando e evoluindo o meu tênis”, comentou Bia.
Como se não bastassem estes feitos, Bia ainda brilhou nas duplas, jogando ao lado da chinesa Shuai Zhang, número 4 do mundo. Foi o quarto título da brasileira nas duplas em nível WTA – em janeiro, havia sido vice-campeã do Aberto da Austrália nas duplas.
Os títulos garantiram à brasileira bons pontos nos rankings. Ela amanheceu nesta segunda-feira com o melhor ranking em simples e em duplas. Saltando 16 posições, Bia aparece agora na 32ª colocação em simples e no 27º posto nas duplas. Com a boa subida no primeiro ranking, pode até sonhar em ser cabeça de chave do US Open, no fim de agosto.
De olho em Wimbledon, que começa no dia 27, Bia vai disputar nesta semana o WTA 250 de Birmingham, também na Inglaterra. Sua adversária de estreia será a checa Petra Kvitova, ex-número 2 do mundo e dona de dois títulos no Grand Slam britânico.
MASCULINO

O ranking dos homens tem um novo líder. O russo Daniil Medvedev voltou ao topo nesta segunda em razão da queda do sérvio Novak Djokovic para o terceiro posto. Após assumir a liderança por apenas três semanas em fevereiro, Medvedev tem chances agora de permanecer mais tempo na ponta porque seus rivais diretos estão fora das próximas competições ou vão ter pontos descontados nas próximas semanas, casos de Djokovic e do alemão Alexander Zverev, ainda sem prazo para voltar após cirurgia no tornozelo direito.

Além disso, Wimbledon não contará pontos no ranking por decisão da ATP, em uma retaliação pela decisão dos ingleses de vetarem tenistas da Rússia e Belarus na edição deste ano – uma reação à invasão russa na Ucrânia.

Essa situação deve piorar a situação de Djokovic no ranking. Em sua pior posição em quase quatro anos, o sérvio não poderá defender os pontos conquistados em Wimbledon. Deve, portanto, cair mais colocações nas próximas semanas.

Confira abaixo os rankings de simples masculino e feminino:

1º – Daniil Medvedev (RUS), 7.950 pontos

2º – Alexander Zverev (ALE), 7.075

3º – Novak Djokovic (SER), 6.770

4º – Rafael Nadal (ESP), 6.525

5º – Casper Ruud (NOR), 5.050

6º – Stefanos Tsitsipas (GRE), 4.945

7º – Carlos Alcaraz (ESP), 4.893

8º – Andrey Rublev (RUS), 4.125

9º – Felix Auger-Aliassime (CAN), 3.895

10º – Matteo Berrettini (ITA), 3.570

Feminino:
1º – Iga Swiatek (POL), 8.631 pontos

2º – Anett Kontaveit (EST), 4.511

3º – Paula Badosa (ESP), 4.245

4º – Ons Jabeur (TUN), 4.150

5º – Aryna Sabalenka (BEL), 4.145

6º – Maria Sakkari (GRE), 4.075

7º – Karolina Pliskova (RCH), 3.678

8º – Jessica Pegula (EUA), 3.255

9º – Danielle Collins (EUA), 3.255

10º – Garbiñe Muguruza (ESP), 3.060

Tenista brasileira conquistou títulos na simples e nas duplas no domingo

Deixe um comentário