Três anos depois de eliminação, Fluminense reencontra Cruzeiro na Copa do Brasil

  • por
O sorteio definiu que o Fluminense enfrentará o Cruzeiro pelas oitavas de final da Copa do Brasil de 2022. Será a reedição do confronto de três anos atrás, pela mesma fase. Naquela ocasião, o Tricolor também era comandado pelo técnico Fernando Diniz e acabou eliminado nos pênaltis, após confronto dramático no Mineirão.
Dos 14 jogadores que estiveram em campo pelo Fluminense na partida decisiva, apenas Nino e Ganso continuam no elenco em 2022.
Em 2019, o Fluminense empatou na ida em 1 a 1 com o Cruzeiro no Maracanã. Pedro Rocha fez 1 a 0 e João Pedro garantiu o empate já nos acréscimos, aos 48. Antes do confronto da volta, quase um mês depois, o Tricolor chegou a fazer 4 a 1 sobre os cruzeirenses pelo Brasileirão.
No duelo decisivo no Mineirão, Ganso abriu o placar e Thiago Neves marcou duas vezes, virando. Novamente João Pedro garantiu o empate no fim do jogo, desta vez no último lance, aos 51 minutos, de bicicleta. Entretanto, na disputa por pênaltis, o Cruzeiro venceu por 3 a 1.
Hoje no Fluminense, Fábio, grande ídolo cruzeirense, pegou um dos pênaltis, de João Pedro, enquanto Ganso e Gilberto chutaram na trave. Apenas Caio Henrique converteu a cobrança. O goleiro, por sinal, disputará pela primeira vez uma partida contra o clube mineiro, onde jogou por 16 anos, até o fim de 2021.
Naquele confronto, Fernando Diniz utilizou o seguinte time: Agenor, Gilberto, Frazan, Nino e Caio Henrique; Allan, Danielzinho e Ganso; Luciano, Brenner e João Pedro. Entraram durante o jogo: Ewandro, Mascarenhas e Miguel.

Sob o comando de Fernando Diniz em 2019, Tricolor caiu nos pênaltis nas oitavas de final

Deixe um comentário