Treinador que agrediu assistente de arbitragem será julgado na próxima terça-feira

Rio – O treinador Rafael Soriano, que agrediu a assistente de arbitragem Marcielly Netto, foi intimado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Espírito Santo (TJD-ES), para prestar esclarecimentos na próxima terça-feira (26), sobre o ato praticado no último dia 10.
Na ocasião, Soriano deu uma cabeçada na auxiliar após o término do primeiro tempo entre o Desportiva e Nova Venécia, pelo Campeonato Capixaba. A audiência será virtual, a partir das 19h. O treinador foi denunciado pela procuradoria do TJD-ES em cinco artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): 58, 258-B, 243-F, 243-G e 254-A.
Além disso, o técnico pode ser suspenso do futebol por dois anos. Uma das infrações dos artigos são: agressão física com dolo (intenção), ofensas contra a honra de alguém, conduta contrária à ética desportiva e ato discriminatório.
O auxiliar de Soriano, Vitor da Silva Netto, também foi intimado e deve participar da audiência. O Desportiva e Nova Venécia fazem parte da lista de denunciados e podem ser representados na sessão.

Tribunal de Justiça Desportiva do Espírito Santo (TJD-ES) intimou Rafael Soriano para prestar esclarecimentos

Deixe um comentário