Equipe africana é banida do futebol após situação inusitada; veja

  • por
Normalmente, marcar um gol contra é algo que todo jogador de futebol foge de viver. Então, imagine fazer isso mais de 40 vezes em um mesmo jogo. Além de algo inédito é extremamente suspeito. Pois bem, foi o que aconteceu na partida entre Nsami Mighty Birds e Matiyasi FC, pela quarta divisão da África do Sul, no mês passado. O Mighty Birds foi derrotado por 59 a 1, sendo 41 dos gols contra a própria meta.
Fora o alto número de gols sofridos na partida, o Nsami também teve quatro jogadores expulsos, terminando o confronto com apenas sete em campo.

Com toda essa situação, a suspeita de manipulação de resultados foi levantada pelas autoridades. Isso porque o Matiyasi estava na briga com o Shivulani Dangerous Tigers pelo título do campeonato da liga local. Antes dessa partida, os Tigers venceram o Kotoko Happy Boys pelo placar impressionante de 33 a 1.

No começo da temporada, os placares dos confrontos entre ambas equipes foi muito diferente, um empate e uma vitória por apenas um gol de diferença, o que acentuou ainda mais as suspeitas em torno do caso.

O quatro clubes envolvidos receberam banimentos vitalícios, enquanto os dirigentes dos times envolvidos foram banidos entre cinco e oito anos e os árbitros não podem trabalhar no futebol por 10 temporadas.

Nsami Mighty Birds sofreu 59 gols na mesma partida e marcou 41 gols contra a própria meta

Deixe um comentário