Pular para o conteúdo

Dirigente do Flamengo rebate pedido de punição do Atlético-MG contra Gabigol

  • por
Rio – O vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, se manifestou nas redes sociais, neste sábado (25), sobre o pedido de punição do Atlético-MG contra Gabigol por ter incitado a violência ao dizer que a equipe mineira conheceria o “inferno” no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no Maracanã. Na publicação, o dirigente rubro-negro afirmou que entrará com processo contra o clube mineiro por diferentes motivos.
“Seria mais decente que tivessem esclarecido os cantos homofóbicos, o tratamento agressivo a nossa torcida, a conduta reprovável da PM de BH. Mas tudo bem. Farão isso no processo que finalizamos hoje”, disse o vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee.
Com a vitória por 2 a 1, no Mineirão, o Atlético-MG pode empatar no dia 12 de julho, no Maracanã, para garantir a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Por sua vez, o Flamengo precisa vencer a partida para reverter a situação no placar.

Vice-presidente geral e jurídico do Rubro-negro, Rodrigo Dunshee, afirma que entrará com processo contra o clube mineiro por diferentes motivos

Deixe um comentário

Generated by Feedzy