Vasco se esforça, vence o Palmeiras, mas perde o título da Copa do Brasil Sub-17

Read Time:1 Minute, 56 Second
Rio – O Vasco se esforçou, mas o Palmeiras conquistou o título da Copa do Brasil Sub-17 na manhã deste domingo (26), em São Januário. Apesar de ter atropelado o clube paulista por 4 a 2, o Cruz-Maltino não conseguiu reverter o placar do jogo de ida, quando perdeu por 4 a 1. Os gols da equipe carioca foram marcados por Lipão, Rayan, André e Gabriel Vareta, contra, enquanto Endrick, destaque da competição, marcou os dois para os visitantes.
Aos 16 minutos do segundo tempo, uma cena preocupou quem estava acompanhando a decisão da Copa do Brasil. Na ocasião, Vitor Reis, do Palmeiras, sofreu um choque de cabeça na área de sua equipe, e ficou desacordado em campo. Em seguida, o jogador foi atendido pelos médicos do clube paulista e por profissionais que estavam no estádio. De acordo com o canal “SporTV”, do Grupo Globo, o jovem atleta foi encaminhado para o Hospital Quinta D’Or, em São Cristóvão, para realizar exames.
Com a missão de fazer três gols de diferença para ao menos levar a decisão nos pênaltis, o Vasco abriu o placar aos 8 minutos. André recebeu a bola na área, e finalizou de primeira para o fundo do gol. Por outro lado, o primeiro tempo, apesar da pressão do Cruz-Maltino, o Palmeiras conseguiu equilibrar a partida.
No retorno para o segundo tempo, o Vasco ampliou o placar aos 10 minutos. Na ocasião, Rayan apareceu na frente, passou por dois defensores do Palmeiras e finalizou por cima do goleiro com muita categoria. No entanto, aos 12, Endrick diminuiu o placar para o clube paulista. Aos 23, o Cruz-Maltino pressionou e fez o terceiro com gol contra de Gabriel Vera, que emendou o chute para as próprias redes após cruzamento de Gustavinho.
Novamente, aos 36 minutos, Endrick apareceu para fazer o segundo gol do Palmeiras em belíssima cobrança de falta. Perto dos acréscimos, aos 42, Lipão fez o quarto gol do Vasco, e ainda deu esperanças para marcar o quinto e levar a decisão para os pênaltis. Aos 51, GB quase marcou o gol decisivo, mas o árbitro encerrou a partida e a taça ficou com os visitantes.

Cruz-Maltino venceu o confronto por 4 a 2, mas não foi o suficiente para devolver o 4 a 1 no jogo de ida da decisão

About Post Author

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe um comentário

Previous post Dorival pede permanência de Andreas e defende Gabigol
Next post Bruno Henrique passa por cirurgia no joelho e receberá alta na segunda
Generated by Feedzy