Pular para o conteúdo

Luis Castro se irrita por questionamentos sobre possível demissão no Botafogo: ‘Vim para três anos’

  • por
Rio – O treinador Luis Castro concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira. Apesar do bom momento após duas vitória seguidas, o português se mostrou irritado. Ele comentou os questionamentos respondidos por John Textor na última quinta. O acionista foi perguntado se chegou a cogitar a demissão do português, após o Glorioso sofrer derrotas e entrar na zona de rebaixamento. Castro mostrou irritação com as perguntas.
“Perguntaram ao Textor se tinha pensado em me demitir, porque para a maioria das pessoas vale resultado, não projeto, então tenho que viver em função do contexto, o projeto são resultados. Vivo de resultados, quero ser campeão, quero ganhar sempre, nos últimos três anos lutamos para ser campeões, queremos ganhar sempre, sempre e sempre. Assim que construímos carreira de sucesso. Mas não podemos enganar as pessoas, falar que o projeto é de três anos e depois quererem que seja de três meses. Isso não existe. Revolta-me a forma como as pessoas olham”, disparou.
Luis Castro reforçou o seu desejo de vencer à curto prazo no Botafogo. O português se disse bastante motivado com a oportunidade de dirigir o clube carioca e falou da cobrança que existe no Glorioso.
“Nos meus 60 anos a ambição permanece igual à do menino que jogava bola na rua com 11 anos. Sou muito competitivo, detesto perder, isso tem guiado minha vida, a forma como olho para o meu dia a dia. É o que tento transmitir aos meus jogadores. Quero muito que minha equipe tenha sucesso. Estamos reunindo condições para ter sucesso. Há algumas de forma mais prática, mais visível, e outras de forma teórica. Quero muito atingir o que o Botafogo quer, mas faltam muitas condições ainda, as pessoas têm que estar muito conscientes. Não é por acaso que se fala em projeto, é algo para se fazer no tempo, com prazos. Temos muito a andar”, disse.

Português ressaltou o seu desejo de vencer no clube carioca

Deixe um comentário

Generated by Feedzy