Lateral do Botafogo desabafa sobre atuação da arbitragem após vitória sobre Internacional

  • por
Rio – Autor do gol da vitória do Botafogo nos acréscimos, o lateral-esquerdo Hugo concedeu entrevista à “ESPN” nesta segunda-feira (20) para comentar sobre o triunfo por 3 a 2 sobre o Internacional no último domingo, no Beira Rio, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além disso, o jogador, de 20 anos, desabafou sobre a polêmica atuação da arbitragem na partida.
“Foi um jogo bem complicado, início difícil, onde perdemos o Sampaio logo de cara em lance que todo mundo viu e não consegue entender o árbitro. Conseguimos dar a volta por cima, manter a cabeça no lugar, nos mantermos juntos, diminuir, empatar e conseguir a vitória no fim. Muito mérito da equipe, todo mundo correu demais, nossos pontas baixaram as linhas para ajudar e aproveitamos os contra-ataques. A vitória, com o contexto do jogo, a arbitragem, até um lance que zagueiro deu chute no próprio companheiro e ele deu tiro de meta, foi um grande resultado”, disse lateral-esquerdo Hugo à ‘ESPN’.
“Só olhava para o árbitro e falava ‘Que que eu vou fazer com esse cara, que que ele quer?’ Conversávamos, vamos fazer nosso jogo e ir até o fim, mesmo contra tudo e contra todos, contra VAR e arbitragem. Nos mantivemos tranquilos. Não agredimos o árbitro, tentávamos explicar, não sei o que passou na cabeça dele. O árbitro ia mais no VAR do que falava conosco mesmo. Não tem muito o que falar. Ele não deu abertura, ficava como se estivesse ouvindo algo no ponto”, completou.
“Focamos para o jogo, para a guerra, batendo ou apanhando, íamos brigar. No fim fui cumprimentar ele, acabou, não volta mais. Que possa melhorar, não aconteça de forma recorrente com ele nos próximos jogos e que reveja suas decisões. Já passou, fico feliz pelo gol e o mais importante foi a vitória”, concluiu.
No próximo domingo (26), o Botafogo encara o clássico contra o Fluminense, às 16h, no Nilton Santos, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na tabela da Série A, o Alvinegro ocupa a sétima colocação e soma 18 pontos.

Jogador, de 20 anos, foi o autor do gol decisivo do Alvinegro

Deixe um comentário