Pular para o conteúdo

Botafogo quer acabar com jejum no Nilton Santos, e Fluminense espera ampliar vantagem

  • por
No clássico Vovô, que inaugurou o Estádio Nilton Santos em 2007, Botafogo e Fluminense vivem momentos bem distintos quando se encontram no palco do confronto deste domingo, às 16h, pelo Brasileirão. Sem vencer o rival em casa desde maio de 2018, o Glorioso tenta encerrar o jejum, enquanto o Tricolor quer ampliar a invencibilidade de sete jogos do confronto no seu salão de festas, como diz a torcida.
Nas últimas sete vezes em que os dois rivais se enfrentaram no Nilton Santos, o Fluminense conseguiu quatro vitórias – incluindo o 1 a 0 na partida de ida da semifinal do Campeonato Carioca deste ano, gol de Jhon Arias – e houve mais três empates. O último triunfo do Botafogo aconteceu no Brasileirão de 2018: 2 a 1, mesmo placar da primeira vitória da história do estádio, contra o rival em 2007.
Para o Clássico Vovô, o Glorioso conta com o apoio de sua torcida, que terá 90% do estádio e tenta melhorar o seu desempenho como mandante, já que é apenas o 15º no Brasileirão, com apenas sete pontos em seis jogos. Só assim para entrar no G-6.
Por outro lado, o Fluminense espera manter a invencibilidade de sete jogos contra os alvinegros no Nilton Santos, onde jogou nas conquistas dos títulos do Brasileirão em 2010 e 2012, e do Carioca de 2012. E o bom desempenho em clássicos desde 2021 é um trunfo para a escrita permanecer e o Tricolor se manter na sexta colocação na tabela. Em 2022, são cinco vitórias, um empate e apenas duas derrotas para os rivais do Rio.

Clássico Vovô no estádio tem sido mais favorável aos tricolores do que aos alvinegros

Deixe um comentário

Generated by Feedzy