Pular para o conteúdo

Botafogo pode ser julgado no STJD por gritos homofóbicos da torcida no clássico

  • por
Além de objetos atirados no ônibus do Fluminense, houve outra triste cena por parte de torcedores do Botafogo. E o clube alvinegro pode ser responsabilizado por ela. A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) analisará o vídeo que circula na internet com gritos homofóbicos em direção a jogadores do Tricolor após o aquecimento antes do clássico de domingo.
Os gritos de “time de veado” vieram do Setor Oeste Inferior, quando os tricolores desciam a escada em direção ao vestiário. David Braz chegou a parar e encarar alguns torcedores, enquanto Felipe Melo fez careta. Os outros ignoraram.
A Procuradoria aguarda a súmula – que já foi publicada e não tem relato do grito – e o relatório do delegado do jogo, mas também avaliará o vídeo para decidir se abrirá uma denúncia contra o Botafogo, que pode ser julgado no STJD e punido. O Flamengo foi multado em R$ 20 mil pelo TJD-RJ pelo mesmo grito vindo de seus torcedores na final do Campeonato Carioca deste ano, também contra o Fluminense.
Em relação ao ataque ao ônibus do Fluminense, que teve uma janela quebrada, o STJD não poderá julgar ou punir o Botafogo porque o fato aconteceu fora do estádio.

Vídeo mostra xingamentos em direção aos jogadores do Fluminense

Deixe um comentário

Generated by Feedzy