Atlético-MG entra no STJD contra Gabigol por falar palavra ‘inferno’

Read Time:1 Minute, 15 Second
Depois da derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG no Mineirão, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, Gabigol deu entrevista e disse: “Quando eles forem para lá (Maracanã) vão conhecer o que é pressão e o que é inferno”. A partir dessa declaração, o Atlético-MG entrou com um pedido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva para que o atacante seja denunciado e, em caso de julgamento, seja punido e fique fora do duelo de volta.
De acordo com o site ‘Ge’, o Galo apresentou uma notícia de infração alegando que a palavra ‘inferno’ poderia acirrar os ânimos e criar um clima hostil para o duelo de volta, no dia 13 de julho no Maracanã. O procurador-geral do STJD, Ronaldo Botelho Piacente, deu prazo de três dias para Gabigol se manifestar antes de decidir se abrirá acusação para julgamento.
O Atlético-MG, inclusive, apontou dois artigos nos quais o atacante poderia ser enquadrado: 243-D (Incitar ódio ou a violência) e 258 (conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva). As punições nesses dois casos poderiam ser de suspenção por até 720 dias ou de uma a seis partidas, respectivamente.
Na partida de ida, no Mineirão, torcedores do Flamengo postaram vídeos nas redes sociais de força excessiva utilizada pela polícia mineira e também de músicas e ações ofensivas por parte do Atlético-MG. O clube mineiro não se posicionou sobre essas situações.

Atacante do Flamengo pode ir a julgamento caso procuradoria do Tribunal aceite denúncia

About Post Author

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe um comentário

Previous post Liverpool avalia vender Salah e gigante europeu é um dos interessados
Next post Eduardo Salvio es buscado por la Liga MX
Generated by Feedzy